Aumente suas conversões utilizando vídeos em todo o funil de marketing

Aumente suas conversões utilizando vídeos em todo o funil de marketing
Por Equipe Exact  |   24 de Novembro de 2016
Voltar

Se você investe em um bom marketing para seu negócio, com certeza já conhece termos como o famoso Funil de Marketing e sabe da importância de conduzir seus leads por ele. Você sabia que os vídeos podem ser muito úteis nesse processo rumo à venda? Leia mais e aprenda como utilizá-los.


Tempo de leitura: 8 minutos Neste post você lerá sobre:

  • Atração de leads
  • Nutrição
  • Promoção de vendas

*Artigo produzido pela equipe de conteúdo da Samba Tech.


Basicamente, o funil de marketing tem a função de classificar o público como mais ou menos prontidão de compra e é responsabilidade conjunta entre marketing, vendas e pré-vendas fazer com que essas pessoas cheguem ao final do processo, sempre através da conversão que, ao final, resulta na aquisição de um bem ou serviço oferecido.

O objetivo final de qualquer marketing é sempre a venda e, portanto, é essencial que as pessoas sejam bem orientadas dentro do funil, para que estejam prontas para a compra o mais rápido possível. Então, criar formas de engajar mais os possíveis clientes e de fazer com que eles avancem no funil de marketing, é essencial e pode ser o diferencial entre um marketing efetivo e um marketing lento e carente de bons resultados.

Hoje os vídeos são um dos materiais mais populares da internet e cada vez mais as pessoas preferem consumir conteúdos e se comunicar utilizando esse formato. Segundo pesquisas recentes sobre o assunto, desde março de 2014, o consumo de materiais em vídeo cresceu 40% ao ano. Um terço das grandes empresas já produz mais de 100 vídeos por ano.  

Portanto, nosso objetivo nesse artigo será te mostrar como você pode utilizar vídeos em cada uma das etapas do seu funil de marketing para aumentar sua receita e o volume de vendas. Vamos lá?

O funil de marketing

Atualmente, a maioria dos especialistas considera que o funil de marketing tem cinco etapas em que um possível cliente pode estar: atração, conversão, relacionamento, venda e análise. Normalmente, o público entra no funil de marketing pelo início, na etapa de atração, e o objetivo do marketing é fazer com que ele avance de forma eficiente pelas outras etapas, até chegar onde realmente importa: a venda. Sendo assim, partindo da primeira etapa de atração até a de análise (que seria a última), iremos mostrar formas simples de trabalhar com os vídeos de forma a deixar todo o processo de vendas mais eficiente e fazer com que os os possíveis clientes se tornem apenas clientes.

01. Atração

Nesta etapa, o consumidor ainda não sabe exatamente do que precisa e cabe a você mostrar a ele que ele tem uma necessidade ou um problema a ser resolvido. É hora de atrair as pessoas para seu conteúdo, seu site, suas redes sociais e oferecer materiais que a ajudem a compreender que ela precisa de um produto ou serviço que você oferece. Portanto, aqui você deve oferecer materiais que as ajudem a compreender seu real problema e que a façam começar a buscar soluções para ele.

Por exemplo, se você vende uma capacitação para vendas, pode começar atraindo seu público a partir de materiais que o incite a buscar esse tipo de solução e o faça ver que um curso de vendas é o que ele realmente precisa. Conteúdos do tipo "Entenda porque você não está vendendo" ou "Suas vendas não param de cair? Veja o que pode estar causando isso" vão ajudar seu público a entender que as vendas estão ruins por falta de capacitação - esse é o problema que ele vai identificar. Isso o fará começar a buscar especificamente por esse problema e sua solução, e aí então ele estará pronto para ir para a próxima etapa do funil de marketing.

Na fase de atração, utilizar vídeos é uma excelente forma de captar o público, uma vez que esse tipo de material é realmente muito mais atrativo do que apenas textos ou imagens. Segundo pesquisas, 40% das pessoas responde melhor a estímulos audiovisuais do que a outros. A chance delas se envolverem com esse tipo de conteúdo em um blog ou rede social é 10x maior do que quando se usa apenas imagens ou textos. Portanto, use vídeos em seu site, faça conteúdos em vídeo para seu blog e divulgue esses materiais em suas redes sociais.

Conteúdo em vídeo é mais atrativo, facilita o engajamento e a compreensão por parte do público e torna sua marca mais memorável. Experimente fazer vídeos dando dicas gerais sobre um determinado assunto para postar no seu blog, ou divulgue uma chamada em vídeo para seus conteúdos no Facebook e veja os resultados!

02. Conversão

Agora que você já fez as pessoas chegarem até o seu site ou seus conteúdos, é preciso que você as conecte à sua empresa. Afinal, de nada adianta ter milhares de acessos em uma de suas páginas, se você não consegue se relacionar com essas pessoas para que elas virem clientes. Então agora, mais do que atrair, é preciso pensar em formas de fazer o público converter, deixando um contato ou informação que te permita manter um relacionamento com ele.

Nesse momento, é importante pensar em produzir materiais mais ricos e específicos, focados em resolver aquele problema que o possível cliente já descobriu que tem na etapa de atração. E mais importante: agora você deve pedir algo em troca por esses materiais, como um e-mail ou telefone. Investir em vídeos então, mais uma vez, é uma excelente estratégia! Pense, por exemplo, em produzir conteúdos em vídeo que ofereçam algum material complementar ao final, como um e-book, um guia, ou algo do tipo, que exija informações para o acesso. Produzir webinars também é uma excelente forma de abordar temas específicos e estratégicos, em troca de informações básicas de um possível cliente.

Webinars têm a capacidade de atrair um público extremamente qualificado, de acordo com o segmento do seu negócio, e pela abordagem próxima e mais clara dos vídeos, podem aumentar seu interesse em buscar as soluções abordadas. Se você utiliza uma plataforma de vídeos profissional, outra forma de trabalhar com a conversão do público é utilizando um coletor de leads integrado aos conteúdos. Basta definir quais são seus materiais estratégicos e, no final do vídeo, ou no início, como pré-requisito para assistir, inserir um formulário de contato, para que o espectador deixe suas informações em troca de mais conteúdo, para receber uma newsletter ou qualquer coisa desse tipo.

Veja como usamos o coletor nos posts no blog da Samba Tech, por exemplo:

03. Relacionamento

Tendo o contato dos seus possíveis clientes, é hora de fazer com que eles continuem se lembrando da sua marca e que ela continue sendo relevante em termos de conteúdo, para que seja a primeira opção caso ele se sinta inclinado a realizar uma compra. Mantenha-se ativo junto à seus contatos, envie conteúdos e outros materiais relevantes e, à medida que ele for se tornando mais engajado com essas abordagens, passe a falar da sua empresa, ofereça consultorias, indique cases de sucesso relacionados a seu negócio e trabalhe para que ele finalmente tome sua decisão de compra.

Nessa etapa, para ter mais sucesso, é importante que você entre com os vídeos e os utilize de formas mais direcionadas para promover o tipo de produto ou serviço que você oferece. Além dos vídeos de conteúdo em blog, site e redes sociais, agora você também já pode começar a utilizar esses materiais em e-mail marketing, por exemplo. Tem efetividade comprovada! Dê só uma olhada nesses números:

  • E-mail marketing com vídeo oferece um retorno 280% maior do que e-mails tradicionais com textos ou imagens.
  • E-mails recebidos que possuem vídeos são abertos, em média, 5,6% mais vezes do que e-mails que não contém.
  • O descadastramento de uma lista de e-mail pode ser reduzido em até 75% quando você fornece constantemente conteúdos com vídeo.   

E você pode usar vídeos também para realmente fazer contato com seus possíveis clientes, através de videoconferências ou, novamente, dos webinars. Isso humaniza o contato com o público e o aproxima do seu negócio.

04. Venda

Se você chegou nessa etapa, é porque seu lead já está pronto para comprar e realmente se transformar em um cliente. Por isso, esse é um dos momentos cruciais do funil de marketing e que deve ser tratado com ainda mais cuidado e adotando uma estratégia bem definida. Independente se você trabalha com serviços ou produtos fixos, ou com algo que exige uma longa negociação e personalizações, você precisa oferecer à pessoa prestes a concluir uma compra a melhor experiência possível.

Trabalhar com vídeos vai ajudar a aproximar sua comunicação do público, humanizar sua empresa e sua marca e tornar todo esse processo muito mais tranquilo. Se você está realizando uma negociação, experimente trocar o contato frio por telefone ou e-mail por uma chamada de vídeo, por exemplo. Mostre sua empresa, o produto ou serviço em funcionamento, apresente o CEO ou outras figuras importantes do negócio e faça com que a pessoa realmente sinta que é valiosa para a empresa e que você precisa ter ela como cliente.

Enviar e-mails com esse teor também pode ajudar muito na consolidação de uma compra e até agilizar esse processo. Ao mesmo tempo, se você trabalha com um produto ou serviço fixo, de venda mais simples, utilize os vídeos para mostrar como eles funcionam, para explicar o processo de pagamento ou ativação do contrato, ou para simplificar qualquer outro processo que possa ser incômodo para o público. Mostre que por trás da sua marca existem pessoas, sentimentos, e que todos estão sempre próximos e prontos para ajudar da forma que for necessária.   

05. Análise

"Venda feita, pronto, acabou". Nada disso! O sucesso do seu negócio dependerá muito da sua capacidade de fidelizar clientes e fazer com que eles realizem uma nova compra ou continuem pagando durante bastante tempo por um serviço ou produto. Além do mais, depois que as pessoas realizarem uma compra, será hora de analisar toda a sua estratégia e descobrir quais os pontos fortes e fracos daquilo que você utilizou para convertê-las em clientes e qual a efetividade de cada estratégia.

Ter noções sobre termos como "ROI" e "CAC" nesse momento será essencial para que você consiga fazer uma análise efetiva e deixe sua estratégia cada vez mais assertiva. Se você utilizou vídeos no processo de aquisição de um cliente, essa análise pode ficar ainda mais rica e completa. Usando uma plataforma profissional de vídeos, como o Samba Vídeos, é possível ter dados detalhados sobre o consumo de cada conteúdo e ter insights valiosos.

Por exemplo, você pode ver quais foram os conteúdos mais consumidos, quais tiveram mais conversões no coletor de leads, por quanto tempo as pessoas se mantém engajadas com um material, o perfil de quem assiste e muito mais! E para garantir que essas pessoas estabeleçam uma ótima relação com sua empresa e com aquilo que você oferece, você pode ainda utilizar vídeos no pós-venda, para dar as boas vindas, fazer tutoriais de uso, dar dicas, e muito mais.

Contatos posteriores da sua equipe com o cliente, seja por e-mail ou em outros contextos, também são extremamente efetivos quando se utilizam vídeos. Como já citamos, eles deixam a comunicação mais próxima, humanizam sua marca e aumentam a confiança do público naquilo que você oferece.  

E então? Convencido do poder dos vídeos no funil de marketing?

E então? Convencido do poder dos vídeos em todas as etapas do funil de marketing para gerar oportunidades de venda? Comece a trabalhar com esse tipo de material e descubra como suas negociações e processos podem ficar muito mais simples e ágeis. Vídeos são o conteúdo mais quente da atualidade e as pessoas já estão dando preferência a eles, tanto para o consumo de conteúdo, quanto para comunicação. Quer mais dicas de como utilizar vídeos em sua estratégia de vendas de forma efetiva? Então a gente recomenda que você leia esse artigo e também esse material. Aproveite o poder dessa ferramenta e saia na frente (antes que sua concorrência saia)!    

Equipe Exact



Compartilhe



Você pode também se interessar por: