Para engajar sua equipe de pré-vendas, dê bom feedback

Para engajar sua equipe de pré-vendas, dê bom feedback
Por Maurício Zanetti  |   02 de Fevereiro de 2017
Voltar

Nós, seres humanos, necessitamos de constante adaptação ao meio em que vivemos. Nas empresas não é diferente. Dar e receber feedback é parte essencial deste processo. Por meio dele sabemos o que está bom, o que pode melhorar - e mantemos a equipe de pré-vendas motivada.  


Tempo de leitura: 3 minutos Você vai ler sobre:

  • Gestão de equipes
  • Motivação e engajamento
  • Pré-vendas

  Hoje é muito comum ouvirmos, no mundo corporativo, a respeito de “Feedback”: a devolutiva dada a um profissional ou equipe. É uma avaliação de desempenho, franca e construtiva. Enquanto coordenador comercial, costumo dizer que esta não é uma tarefa fácil. Mas dar e receber feedback é de extrema importância para o bom andamento de qualquer empresa. Estando à frente de uma equipe de pré-vendas, aprendi que esta é uma excelente maneira de mantê-la motivada. Diga-se de passagem: a Exact Sales é expert em pré-vendas para vendas complexas. Se você está em busca de melhores resultados para a sua equipe, confira nosso blog para mais artigos.

5 atitudes para oferecer um bom feedback à equipe de pré-vendas

Então, como é que um gestor de equipe de pré-vendas deve se portar? Costumo ter 3 preocupações em vista:  (i) que a pessoa que recebeu o feedback o absorva, (ii) que isso provoque mudanças e, por consequência, que (iii) gere engajamento do profissional. Acredito que, para isso acontecer, algumas atitudes são fundamentais: #1 Um ambiente isolado é fundamental para não expor o profissional. Evitamos assim que se sinta desprestigiado, humilhado ou incapaz de realizar suas atividades frente aos outros colegas de trabalho. #2 Separe profissional do pessoal. Nenhuma das partes deve tomar como ofensa pessoal os assuntos falados durante a sessão. Não se esqueça de que trata-se apenas de um ajuste de comportamento ou desempenho. #3 Simpatia importa, sim. Mantenha o tom de voz ameno. A conversa deve zelar  pelo caráter produtivo. Feedback só funciona quando há verdadeira vontade de melhorar atitudes e/ou desempenho do profissional, em ambas as partes. Ao conversar com o membro da sua equipe de pré-vendas, traga o para seu lado. Mostre que você quer ajudá-lo a praticar mudanças positivas. #4 Estabeleça igualdade. Este é um momento que exige humildade de gestor e membro da equipe. Não é questão de mostrar quem tem mais experiência, ou está mais acima na hierarquia da empresa. Todos jogam no mesmo time. Compartilhe feedback que você já recebeu e mostre atitudes tomou após recebê-lo. Mostre que é possível: dê exemplos particulares, inclua-se na conversa. Lembre que que você também tem coisas a melhorar - aliás, todos nós temos. #5 Olhe para a frente. Ao final da conversa, trace um plano com comportamentos a serem melhorados. Estabeleça datas para novas conversas. Assim,  vocês conseguem alinhar possíveis dificuldades que o profissional vir a enfrentar com essa alteração. Ofereça ajuda.

Acredito fortemente que, se o gestor se atentar a estas atitudes durante o feedback, o colaborador que o receber se sentirá confortado. Saberá que foi ajudada por um gestor, e não vítima de um chefe desejoso de resultados a qualquer custo. Desta forma, você ganhará um aliado na busca por resultados. E a empresa contará um profissional mais engajado em suas tarefas, sabendo de sua importância dentro do processo corporativo. Separei também alguns artigos interessantes para quem quiser se aprofundar:

O outro lado: como receber feedback

Sair da zona de conforto dói. E é por isso que não gostamos de receber feedback negativo: aquele que mostra que precisamos mudar. Seja por questões de desempenho ou atitude. E se, ao contrário de resistir, considerarmos o feedback como presente? Quem avisa amigo é, diz o ditado. Quando a equipe de pré-vendas tem clareza da intenção de quem deu início à conversa, a coisa muda. Ao invés de focarmos em discutir, justificar ou explicar, passamos a focar em planos de melhoria. O feedback é sempre a percepção que um colega, gestor ou outra pessoa da empresa teve a seu respeito do seu trabalho, desempenho e atitude. Ao recebê-lo, agradeça e reflita. Meu conselho é: leve como tarefa de casa. Analise onde melhorar, ou como continuar o bom trabalho. Use estes insights para crescer.  

Maurício Zanetti

Coordenador Comercial



Compartilhe



Você pode também se interessar por: